7 Dicas de como manter o gás da Coca-Cola por muito mais tempo

Garrafa CocaCola Abaixo 7 dicas de como é possível manter o gás dos refrigerantes em garrafa Pet por muito mais tempo depois de abertos. Estas dicas funcionam com todos os refigerantes com gás, como Coca-Cola, Pepsi, Guaraná Antarctica, Sprite, Fanta, Guarana Dolly etc. Não foi testado com refri diet/light mas talvez a dica funcione também para estes!

1. Ao abrir o refrigerante, aperte a garrafa até o liquido ficar próximo à tampa (4 dedos, mais ou menos). Isso faz com que o gás tenha para onde se expandir e quando você abri-lo ele não ser expulso da garrafa. Outro fator de explicação é que diminuindo a área “vazia” o gás não tem pra onde fugir e permanece no líquido.
E se tiver pouco refrigerante na garrafa?
Não importa a quantidade de refrigerante e sim o espaço que o gás terá para se expandir, pois quando você deixa o refrigerante fechado normalmente sem amassá-lo, esse espaço é preenchido pelo oxigênio, então o gás do refrigerante que está presente no líquido não tem pra onde expandir e sai do refrigerante!

2. Passe o refrigerante cuidadosamente para um recipiente menor (passe da embalagem de 2 litros pra uma de 600ml, por exemplo), claro que nesse caso o outro recipiente tem que ter também uma tampa que impeça a saída dos gases. A explicação nesse caso é mesma do caso anterior, ou seja, diminuindo a área preenchida apenas pelos gases, o CO2 (gás do refrigerante) tem uma área menos de expansão, não tendo pra onde fugir permanece no líquido.

3. Mantenha o refrigerante em temperaturas baixas (geladeira, freezer, cooler), pois a solubilidade dos gases aumenta com a diminuição da temperatura. O refrigerante chega a dissolver cerca de duas vezes mais dióxido de carbono na temperatura da geladeira do que na ambiente.

4. Nunca balance ou agite o refrigerante, isso faz com que as moléculas do CO2 se agitem e quando você abrir a garrafa elas saiam com violência da garrafa, deixando seu refrigerante sem gás quase que estantaneamente.

5. Nunca abra o refrigerante quando ele estiver quente, pois as moléculas do CO2 ficam mais agitadas e saem com maior facilidade. É por isso que quando você o abre sai aquela quantidade enorme de refrigerante impulsionada pelo gás.

6. Não deixe o refrigerante muito tempo destampado, pois assim você deixa a porta aberta para o gás fugir. Caso tenha perdido a tampa, apenas não agite ou chacoalhe o recipiente, isso faz com que o gás permaneça no líquido por mais tempo!

7. Por ultimo e mais óbvio, olhar a validade do refrigerante, pois um refrigerante velho tem muitas chances de estar choca!

Comentários sobre 7 Dicas de como manter o gás da Coca-Cola por muito mais tempo

Marcella 27 January, 2016 Gente eu sempre faço isso , e todas as vezes da certo. E já fiz uma experiência com duas garrafas de refrigerante ao msm tempo , com a mesma medida de líquidos , guardei na geladeira, uma bemmm amassada , sobrando pouquíssimo espaço dentro da garrafa, ea outra garrafa de refrigerante guardei normal. E no outro dia quando fui abri a garrafa q foi amassada , o refrigerante estava com todo o gás de antes. Agora a que foi guardada normalmente, ao abri a garrafa ela fez aquele zoadinha quando se abre uma refrigerante intacto, q fez uma zoadinha mais intensa. Eo líquido não tinha mais nem um pingo de gás, parecia suco. Horrível

Rafael Tampe a garrafa bem fechada, enrole a boca dela com papel filme e ponha na geladeira. Pronto, gás preservado.

Josué Este blog nos mostra gente de todos os tipos. ignorante, analfabeta, estúpida, ingrata, colaboradora, atenciosa, amiga e agressiva(serei agredido após escrever). A ideia que o autor passa sobre amassar a garrafa, tem o mesmo efeito de colocar em recipientes menores, ou seja, reduzir o espaço vago. Amassar a garrafa, fechar e guardá-la amassada e fechada. Ao amassar a garrafa fazendo com que o líquido vá perto da boca, reduzimos substancialmente o espaço vago no interior dela. Assim, o gás existente no líquido não terá espaço para deslocamento e permanecerá no líquido. É o mesmo efeito que terá se trocarmos por recipientes menores. Se a garrafa for amassada e bem fechada, somente voltará ao estado anterior após ser novamente aberta. O problema que vejo, pessoal, é o aspecto. Você vai receber alguém em casa e servir um refrigerante, tirando uma garrafa toda amassada da geladeira?

Marco Apertar a garrafa para manter o gás, antes de fechá-la? Vish ! Antes da galera postar comentários e achismos com tanta convicção, vale a pena uma estudada em dinâmica dos fluidos e propriedades dos materiais, no caso das garrafas PET. Apertando a garrafa antes fecha-la, só vai piorar as coisas, pois cria-se uma pressão negativa (vácuo) no interior da garrafa devido a elasticidade da garrafa e o CO2 no refrigerante tende a sair mais rápido do liquido... Agora, se conseguir arrumar uma garrafa de aço de 05 mm de espessura de parede (sei lá, to chutando) e fizer o procedimento de amassar a mesma, com toda razão o gás se manterá no líquido. Em garrafas PETs...No Way !

Ricardo Eu também criei um método para dificultar o gás da garrafa sair e deu certo, gostaria de patentea-lo. Quanto a usar uma colher de cha inserida parcialmente na boca da tampa aberta, realmente retarda a saída de gás, eu fiz e comparei com outra sem a colher e funcionou, aparentemente o metal criou um campo dificultando a saída das moléculas. Mas so em bocas de garafas cilindricas, com refri em lata não rolou muito bem.

Luis Henrique O refrigerante (tanto faz, qualquer um deles! ;) contém uma concentração de "gás" (que, por sinal, é gás carbônico - CO2 - diluído no líquido) maior do que na atmosfera. Por causa dessa diferença de concentração o que acontece é que o "sistema" "ar + refrigerante" quer entrar em equilíbrio, ou seja, ter a mesma concentração de "gás" nos dois "componentes" dele... E é por isso que o gás sai do refrigerante e vai para o ar! A única maneira em que isso *não* aconteceria seria se a gente pudesse "selar", lacrar, *completamente* o recipiente do refrigerante! Nesse caso, nenhuma molécula do gás poderia sair da garrafa! Esse é o papel da tampa! Agora, no caso de "amassar"... O gás contido nos refrigerantes foi dissolvido sob pressão. Em seguida, é engarrafado e fechado com uma tampa hermética. Porém, o gás tem a tendência de escapar do líquido, justamente por estar com uma pressão maior que a atmosférica. Repare que sempre há um espaço (ar atmosférico) entre o líquido e a tampa da garrafa. Numa embalagem de 2 litros, este espaço é de aproximadamente 100ml. Antes de ser fechada, a pressão acima do líquido ainda é igual à atmosférica. Depois de ser fechada, este espaço, além do ar atmosférico, recebe o gás carbônico que escapa, até se tornarem iguais as pressões no líquido e neste espaço. Assim, quanto menor for este espaço, menos gás carbônico irá escapar. Exemplificando: Digamos que nestes 100ml escapem 100 moléculas de CO2, até a pressão se igualar. Num espaço de 1000ml (metade da embalagem), irão escapar 1000 moléculas de CO2! Concluindo, o melhor é amassar a garrafa, até não haver mais este espaço “vazio”, impedindo o escape de CO2 para igualar a pressão.

Bocada vcs Sao tudo liso ,compra um refri para um de vcs na garrafa de acordo com oq se beber,Ate assim alguma delas Ja vem sem gas.

Carol Pela lógica desse Will aí se vc deixar um copo de coca em cima da mesa o gás dele não vai acabar nunca, já que a pressão no copo é a atmosférica, mas vai tentar pra vc ver.. Fechem bem as garrafas, deixem elas em pé, não sacudam, deixem elas refrigeradas, se possível quando o volume diminuir passem o liquido cuidadosamente pra uma garrafa menor. A ideia da bomba faz sentido! A da colher eu não vejo o menor sentido e a de amassar realmente não é boa, a menos q vc consiga impedir que a garrafa volte pro seu formato original, mas compensa mais trocar o recipiente.

Caetano. Oliveira A idea número 1 não é eficiente, pois ao ser esmagada a garrafa, tendera a voltar a posição original devido ao coeficiente elástico do plástico. Logo teremos uma pressão ligeiramente negativa que facilitará a expansão do CO2.

Arthur G Galera ... quem disse que ele está errado, errou mais ainda! A primeira dica é a principal. Vou falar com outras palavras aqui ... O que ele quis dizer na primeira dica era que quando o individuo aperta a garrafa ele tira o oxigênio da garrafa, assim o liquido que irá preencher a garrafa será o CO2 e a troca entre o gás e o oxigênio será diminuida ... aumentando assim a preservação do liquido. Mesma coisa colocar o refri deitado. Não rola, quando vc coloca ele deitado, a região de troca gasosa aumenta mais ainda, fazendo o refri perder CO2 mais rápido! Abraço

Henrique A. Hirata eu tenho um aparelho que nao deixa o gas sair e gostaria de comercializa-lo, so preciso de grana, pasmem mas eh verdade, interessados me contatem.

Postar um comentário sobre o artigo »

Utilize o formulário abaixo para expressar sua opinião sobre o artigo 7 dicas de como manter o gás da coca-cola por muito mais tempo: