CPF: Onde e Como Tirar ou Regularizar

O CPF é um número único que cada cidadão brasileiro economicamente ativo deve possuir, pois ele é indispensável na hora de fazer uma conta no banco, prestar concurso público, fazer compras no crediário e muitas outras coisas. Quem mantém e controla a base de dados do CPF é a Receita Federal, e depois de fazer o cpf pela primeira vez este será para sempre seu número exclusivo. Poucas pessoas sabem, mas é possível tirar o cpf com qualquer idade*, não sendo necessário esperar atingir a maioridade para tirar seu novo CPF pela primeira vez. Ao fazer o CPF você ganha um cartão de plástico com seu nome e número de inscrição, porém nem sempre é necessário usá-lo para comprovar seu número de CPF. Na verdade, qualquer documento oficial emitido pela nação pode ter seu número de cpf anexado por conveniência, como por exemplo a Carteira de Identidade (RG), CNH e Carteira de Trabalho. Abaixo algumas perguntas e respostas relacionadas a como fazer para tirar seu primeiro CPF, tirar a segunda via ou regularizar sua situação cadastral junto a Receita Federal Brasileira.

Onde ir para tirar o CPF? Como tirar?

Para fazer seu CPF você deve se dirigir a uma agência do Banco do Brasil, Correios ou Caixa Econômica Federal. Recomendo tirar seu cpf nos correios para evitar filas. Lá você vai preencher um pequeno formulário e pagar uma taxa (de mais ou menos 5 reais), e ficar com um conprovante de inscrição (ou solicitação de 2a via), que deve ser apresentado alguns dias depois quando você for retirar seu novo cpf. Não é possível tirar seu CPF pela internet.

Quem pode tirar? Posso fazer meu CPF com 16 anos?

Qualquer pessoa pode fazer um CPF por conta própria a partir dos 16 anos. Caso você tenha menos de 16 anos deve ter sua inscrição feita pelos seus Pais ou Responsáveis Legais.

Perdi meu CPF, e agora?

O ideal é que você faça uma ocorrência de registro de perda de documentos junto a polícia civil, para ter um documento comprobatório de que perdeu seus documentos, em caso de alguém usar seu número de cpf com má fé.

Se você lembra do número mas não possui outro documento oficial com o número de inscrição do CPF impresso, você pode imprimir um compqrovante de inscrição nesta página da Receita Federal, e usá-lo temporariamente enquanto seu novo cartão de cpf não é tirado.

Se você perdeu apenas o cartão do CPF, mas possui o número impresso na sua carteira de identidade, não é obrigatório fazer uma segunda via do cartão.

Como regularizar meu CPF?

Se você não declara Imposto de Renda e antigamente apenas fazia a declaração de isento, é simples: basta ir a uma agência do BB, Caixa ou Correios, e preencher o formulário de regularização de CPF. Isto terá um custo de mais ou menos 5 reais.

Se você é obrigado a declarar imposto de renda e seu CPF está suspenso o seu caso é mais complexo, e talvez você precise da ajuda de um contador para fazer a entrega da Declaração Anual de Ajuste do Importo de Renda da Pessoa Física (DIRPF).

Como saber a situação do meu CPF?

CPF do Jacinto Simples, vá até esta página e digite seu número de CPF para fazer uma consulta da situação cadastral. A informação mais importante está no campo Situação Cadastral, que pode conter uma das seguintes opções:

REGULAR
Significa que seu CPF está regular;
PENDENTE DE REGULARIZAÇÃO
Significa que você provavelmente esqueceu de fazer sua Declaração Anual de Imposto de Renda de Pessoa Física do ano anterior; Para regularizar, consulte a Receita Federal e em caso de você ter de apresentar uma Declaração de Imposto de Renda, procure orientação com um contador.
SUSPENSA
Significa que você deixou de fazer sua declaração obrigatória de imposto de renda por 2 anos ou mais, ou então seus dados cadastrais estão extremamente incorretos. Ainda dá para recuperar seu CPF, mas primeiro você precisa se dirigir a Receita Federal para verificar quais são exatamente as pendências do seu CPF.
CANCELADA
Pode ocorrer em caso de óbito, multiplicidade ou por decisão da justiça;
NULA
O CPF se torna nulo quando é detectado fraude ou então algum erro no sistema;

Atenção: Esta página tem apenas carácter informativo. Em caso de divergências entre as informações deste site e da página oficial da Receita Federal (receita.fazenda.gov.br), você deve considerar como válidas as informações da Receita.